Mundo Vino

Languedoc terá investimentos de 34 milhões de euros em plano de recuperação no sul da França


 

O valor de € 14 milhões será dado para fornecer apoio às empresas para auxiliá-las em suas despesas de marketing, incluindo a participação em feiras, e outra parte será destinada a uma campanha de promoção dos vinhos da região

O conselho regional de Occitanie (distrito do sul da França formado em 2016 a partir da fusão das regiões LanguedocRoussillon e Midi-Pyrénées), juntamente com as empresas e os conselhos de marketing do vinho locais, criou um plano de recuperação “ambicioso e imediato” para impulsionar as vendas após o Covid-19, com investimentos de 34 milhões de euros.

 

LEIA MAIS

» Vinho Penfolds Grange 1951 é vendido por US$ 82.950 e bate recorde na Austrália

» O vinho ideal para brindar e homenagear os 113 anos do nascimento da pintora Frida Kahlo

 

O esquema visa proteger empregos, aumentar as vendas e ajudar a região e seus produtores de vinho a recuperar sua participação no mercado nos próximos 18 meses. O valor de € 14 milhões será proveniente do conselho regional de Occitanie e dos conselhos de negócios e marketing. Com ele, será dado apoio às empresas para auxiliá-las em suas despesas de marketing, incluindo a participação em feiras, enquanto 500 mil euros serão destinados a uma campanha de promoção dos vinhos da região. Cerca de 80% do orçamento assumirá a forma de ajuda direta às empresas.

 

O plano de recuperação da região contará com 34 milhões de euros e outros 20 milhões de euros serão provenientes de organismos de comércio de vinhos, este plano pretende proteger empregos, aumentar as vendas e ajudar a região

Outros 20 milhões de euros serão provenientes de organismos de comércio de vinhos. “Com ajuda direta a empresas de vinho, em particular para marketing, ações coletivas e promoção, estamos prontos para agir em todas as frentes: garantir empregos, promover o desenvolvimento local de atividades e estimular a reconquista de mercados na França e internacionalmente”, disse Gérard Bertrand, enólogo do Languedoc.

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui 

 

Da redação

Publicado em 8 de Julho de 2020 às 15:00


Notícias

Artigo publicado nesta revista