Mundo Vino

Norte da Califórnia teve prejuízo superior a 4,6 bilhões de dólares com incêndios nos últimos três anos

Estudo levou em conta as perdas apenas em Napa, Mendocino, Sonoma e Lake


 

Foto mostra o fogo atingindo a região de Napa. Registro feito em 2018 pelo jornal Napa Valley Register 

O governo dos Estados Unidos divulgou um estudo que mostra um prejuízo de 4,64 bilhões de dólares para a indústria do vinho nos últimos três anos. O levantamento foi feito apenas em quatro regiões no norte da Califórnia, Napa, Mendocino, Lake e Sonoma.

A boa notícia é que os danos causados pelos incêndios florestais vêm caindo ano após ano. O recorde foi estabelecido em 2018 com prejuízo de 2 bilhões, caindo para 1,7 bilhão em 2019 e 940 milhões de dólares em 2020.

Neste último ano cerca de um terço das uvas foram de alguma maneira afetadas pela fumaça e o calor, sendo que os maiores danos foram para os vinhos tintos, pois as uvas ainda estavam nos parreirais quando o fogo atingiu a região em agosto e setembro de 2020.

» Estudo mostra que taninos podem inibir a Covid-19

» Homem é flagrado com vinho contrabandeado pela terceira vez

» O que é o Resveratrol e quais são seus benefícios

Para as vinícolas a safra menor dos últimos anos pode trazer um alento, nos quatro anos anteriores as colheitas foram abundantes e derrubaram o preço do vinho californiano, as safras menores devido ao fogo podem ajudar as vinícolas a retomar o patamar de preços desejados antes das super safras.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 13 de Fevereiro de 2021 às 11:32


Notícias Queimadas Prejuízo Califórnia Napa Mendocino Lake Sonoma Vinho