ADEGA indica

O que degustamos de melhor. Confira os 10+ AD de setembro

Chile, Argentina e Espanha são os protagonistas do mês


 

Confira a lista do melhor do mês e escolha o seu rótulo

Em um mês que degustamos mais de 170 rótulos diferentes, quatro países dominaram o Top 10.

Destaque para duas vinícolas, a argentina Catena Zapata com três rótulos e a chilena Pedro Parra y Familia que emplacou dois. Confira abaixo a lista completa e se quiser mais informações, e em alguns casos até onde encontrar o vinho, basta clicar na garrafa.

A lista está por ordem de pontuação, quando há empate a ordem é a alfabética:

Adrianna Vinneyad Fortuna Terrae Malbec 2017 - AD 96 pontos - Catena Zapata, Mendoza, Argentina

Seu nome significa "Sorte da Terra" em latim - fazendo referência às videiras desta minúscula parcela do vinhedo Adrianna. Devido ao frescor que vem dos solos profundos e da altitude, os vinhos do terroir de Fortuna Terrae apresentam uma ótima acidez e delicados e complexos aromas florais. Um grande vinho, de longuíssima guarda.

Newk 2019 - AD 96 pontos - Pedro Parra y Familia, Itata, Chile

O nome é em homenagem ao álbum "Newk" do grande saxofonista americano Sonny Rollins, esse 100% Cinsault, advindas de um único vinhedo antigo, tem fermentação espontânea (sem leveduras adicionadas) com cachos inteiros e estágio de 10 meses em foudres de carvalho. Alia, com harmonia, a exuberância e pureza de seu lado frutado, com seus ossos firmes, fazendo com que o vinho se projete pela boca com força. 

Viña Tondonia Reserva Tinto 2007 - AD 96 pontos - López de Heredia, Rioja, Espanha

Este é um Tempranillo (75%), Garnacha (15%), Graciano (5%) e Mazuelo (5%) que permanece 6 anos em madeira e mais 2 anos em garrafa antes de ser lançado. Ainda está jovem e cheio de fruta. Um Reserva artesanal que traduz a elegância e expressividade de Rioja.

Adrianna Vineyard White Bones Chardonnay 2018 - AD 95 pontos - Catena Zapata, Mendoza, Argentina

Um 100% Chardonnay elaborado a partir de uma seleção de vinhedos plantadas em solos calcários do vinhedo Adrianna, em Gualtallary. O vinho fermenta e estagia (entre 12 e 16 meses) em barris de carvalho francês de 500 litros (cerca de 30% não faz fermentação malolática). Sempre fresco e vertical, alia volume de boca, com verticalidade, tudo em meio a muita fruta tropical e cítrica. Assim como as safras 2016 e 2017, ainda está jovem tem tudo para ficar ainda melhor nos próximos 10 anos. 

Catena Zapata Malbec Argentino 2018 - AD 95 pontos - Catena Zapata, Mendoza, Argentina

Criado por Nicolás Catena Zapata em 2014. Este Melbec é elaborado com um corte de vinhas antigas de dois icônicos vinhedos da família Catena Zapata: Nicasia e Angélica. Cada parcela é colhida individualmente, em seu ponto ideal, e vinificada separadamente.  Amável e delicioso de beber, é mais uma ótima edição desse tinto.

Miles 2019 - AD 95 pontos - Pedro Parra y Familia, Itata, Chile

Uma homenagem ao genial trompetista Miles Davis, este tinto é elaborado exclusivamente a partir de Cinsault, com estágio de 12 meses em foudres de carvalho. Um vinho que alia opulência, profundidade e tensão. 

Montes Alpha M 2018 - AD 95 pontos - Montes, Colchagua, Chile

Um blend de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Petit Verdot, com estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês, sendo 80% novas. Este é o Montes Alpha M 2018, uma das melhores, senão a melhor safra desse vinho, que mostra perfil mais fresco e vertical, quando comparado às safras anteriores.

Terrazas de los Andes Parcel Nº1E El Espinillo 2017 - AD 95 pontos - Terrazas de los Andes, Mendoza, Argentina

Este 100% Malbec impressiona pelo perfil mais fresco. Uma ótima interpretação desse terroir extremo, com um dos climas mais frios de todo vale do Uco e de solos ricos em pedras recobertas por calcário.

Altos Las Hormigas Appellation Paraje Altamira Malbec 2019 - AD 95 pontos - Altos Las Hormigas, Mendoza, Argentina

Este 100% Malbec fermenta sem leveduras exógenas em tanques de concreto, com estágio de 18 meses em foudres de carvalho sem tosta de 3.500 litros. Uma das melhores, senão a melhor edição desse Paraje Altamira.

L'Infernal Riu 2015 - AD 94 pontos - L'Infernal, Priorato, Espanha

Com partes iguais de Garnacha, Syrah e Cariñena, fermentação espontânea e estágio de 12 meses barricas de carvalho francês, essa é uma interpretação mais fluida, mais nítida, mais fresca e de perfil mais gastronômico do Priorato. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

 

André De Fraia

Publicado em 1 de Outubro de 2021 às 18:00


Adega Indica Top 10 Setembro Vinho ADEGA Dica de vinho Catena Zapata Montes Pedro Parra TondoniaTerrazas de los Andes Altos las Hormigas