Enoturismo

Onde se hospedar perto de vinhedos no Brasil?

Dicas de hotéis e pousadas para se hospedar perto dos vinhedos durante a época da colheita


Acordar, abrir a janela e se deparar com as fileiras de vinhas repletas de uvas prontas para serem colhidas. A época da vindima no sul do Brasil é uma grande oportunidade para quem curte vinho e quer aproveitar o período de calor e “resquício de férias” para ter mais contato com a natureza e com o mundo vitivinícola. Isso sem deixar de lado o conforto.

No Brasil, especialmente no Vale dos Vinhedos, já existem boas opções de hospedagem em hotéis e pousadas dentro de algumas vinícolas ou então que ficam literalmente cercados por vinhedos, dando aquele ar bucólico tão agradável. A época da colheita, no começo de ano, é uma das mais interessantes para desfrutar das comodidades, gastronomia e atividades de lazer oferecidas, pois tudo está a pleno vapor na região e os turistas podem conhecer todas as etapas da vinificação de perto e em tempo real. Dessa forma, damos aqui algumas sugestões de hospedagem para quem quer ficar “dentro” desse mundo.

Spa do Vinho

[Colocar Alt]

Definitivamente o must dentro do Vale dos Vinhedos, o Spa do Vinho faz parte da Autograph Collection da rede Marriott. Elegância, conforto, modernidade, boa gastronomia, requinte, lazer, tudo isso se reúne em um local privilegiado, com maravilhosa vista panorâmica para alguns dos mais importantes vinhedos da região. Logo em frente ao hotel, está a vinícola Miolo. Hospedagem de padrão internacional com restaurante de primeira linha e serviço de spa impecável da rede Caudalie com tratamentos à base de vinho, como banho vinoterápico, por exemplo. O terraço é um ótimo lugar para um drink no fim de tarde, assim como a piscina. São sete estilos de suítes, uma mais requintada que a outra. Imperdível para quem quer vivenciar a vindima sem deixar de lado qualquer tipo de comodidade e luxo.

Don Giovanni

[Colocar Alt]

Os ares totalmente acolhedores da vinícola Don Giovanni, em Pinto Bandeira, dão o tom de uma estadia quase que totalmente bucólica, às margens dos vinhedos. O casarão de 1930 tem apenas sete quartos que nos fazem voltar no tempo, para a época dos colonos, mas tudo com muito requinte e conforto, em uma harmoniosa mistura de rusticidade e modernidade. O atendimento é personalizado e carinhoso. E para quem quiser ficar literalmente rodeado pela natureza, a Don Giovanni ainda disponibiliza uma charmosa cabana bem no meio dos parreirais, um ambiente quase isolado, ao lado de um açude, com banheira de hidromassagem com vista para os vinhedos.

Terragnolo

[Colocar Alt]

Uma interessante opção de pousada dentro de uma vinícola é a Terragnolo. São apenas cinco suítes (que recebem nomes de varietais de uva), mas com uma ótima acomodação e alguns detalhes de luxo. A suíte Chardonnay, por exemplo, é ampla, tem duas camas e uma banheira de hidromassagem, tipo spa, para quatro pessoas com cromoterapia. A pousada conta ainda com um belvedere com vista privilegiada para o Vale dos Vinhedos. Esta sacada envidraçada com luzes de intensidade regulável é uma ótima pedida para um drink de fim de tarde. A Terragnolo tem ainda serviço de spa com massagens, fisioterapia e outras terapias desenvolvidas pela diretora da vinícola Shana Larentis Valduga, que é fisioterapeuta.

Villa Michelon

[Colocar Alt]

Nos últimos anos, a abertura oficial da vindima no Vale dos Vinhedos tem sido no hotel Villa Michelon. Inaugurado em 2001, o complexo compreende ainda o Memorial do Vinho e da Casa do Filó, e conta com um parreiral modelo. São 50 apartamentos divididos em quatro alas.

Borghetto Sant’anna

[Colocar Alt]

Um dos grandes atrativos da pousada Borghetto Sant’anna definitivamente é a ampla e deslumbrante vista do Vale dos Vinhedos. No entanto, o deslumbre não se resume só a isso. Ela oferece três charmosíssimas casinhas de pedra lindamente decoradas. Todas ainda contam com um belvedere de tirar o fôlego e diversos itens para dar ainda mais comodidade aos hóspedes. Definitivamente são opções de estadia exclusivíssimas. A pousada tem ainda outras quatro suítes tão charmosas quanto as casas, três delas com um deck para apreciar o vale ao nascer ou pôr do sol.

Pousada Fornasier

[Colocar Alt]

Entre Bento Gonçalves e Pinto Bandeira está a Pousada Fornasier. Com acomodações simples, porém aconchegantes, um dos diferenciais do local é a bela vista para a Cascata dos Amores e todo o vale ao redor através de um mirante. São 36 apartamentos (sendo seis com vista para o vale) em um charmoso complexo de edifícios cobertos de tijolos e pedras. O restaurante é amplo e oferece o melhor da gastronomia tradicional italiana e colonial da Serra Gaúcha.

Casa Valduga

[Colocar Alt]

A Casa Valduga é uma das vinícolas mais tradicionais do Vale dos Vinhedos e uma das primeiras a investir no enoturismo. Ao longo dos anos, seu complexo turístico cresceu e atrai milhares de pessoas. Existem cinco charmosas pousadas dentro da vinícola, que fica bem no meio do vale. Cada uma delas possui um tema e um nome que remete aos vinhos produzidos pela família Valduga. Bom gosto e comodidades estão por toda a parte, assim como uma gostosa sensação de estar rodeado por vinhedos. O café da manhã ao som do piano já dá ânimo para as aventuras do dia e as delícias do restaurante Maria Valduga são outro atrativo. Durante a vindima, a Casa Valduga tem programação especial de fim de semana, com colheita e pisa de uvas, visita às outras propriedades da empresa (Casa Madeira e Domno), jantar e almoço tradicionais etc.

Leone di Venezia

[Colocar Alt]

A vinícola Leone di Venezia, assim como sua pousada, são novas no cenário vitivinícola nacional. Localizada em São Joaquim, ela tem vistas para o belo Morro Agudo. A arquitetura da vinícola foi inspirada no palácio italiano Villa di Maser, uma obra-prima de Andrea Paládio, arquiteto vicentino. A estrutura tem apenas quatro suítes aconchegantes e serviço personalizado. Excelente opção para quem quer conhecer um terroir brasileiro fora da Serra Gaúcha.

Arnaldo Grizzo

Publicado em 26 de Dezembro de 2018 às 17:00


Notícias Vinhedo colheita Brasil Enoturismo Vinho e viagem Vale dos Vinhedos

Artigo publicado nesta revista