Ótimas harmonizações com Barolo e outros vinhos com Nebbiolo


A Nebbiolo é, muitas vezes, comparada com a Pinot Noir devido as suas complexidades e similaridades 

Seus grandes expoentes certamente são Barolo e Barbaresco, mas não podemos esquecer que a Nebbiolo, casta típica do Piemonte, pode estar em outros vinhos menos badalados da região ou ainda aparecer em outros locais da Itália (por ser uma variedade considerada difícil, ela não é amplamente cultivada) como Valtellina, onde é conhecida com Chiavennasca, ou em outras partes do mundo, mas sempre em vinhedos pontuais, nunca em tão “larga escala” quanto no Piemonte. 

Seu nome deriva de nebbia, ou seja, a neblina que cobre os campos piemonteses especialmente no outono. A Nebbiolo é, muitas vezes, comparada com a Pinot Noir devido às suas complexidades e similaridades. Ambas tendem a ser de cultivo bastante delicado e costumam expressar bem o terroir de onde vêm. A cor também tende ser pálida, o que, às vezes, pode “enganar” e fazer com que a associemos a vinhos mais leves. 

 

LEIA MAIS:

» Harmonização: as regras de ouro para não errar ao combinar vinho com comida

» Os vinhos de Piemonte

» 10 dicas para harmonizar vinho e comida

 

Pelo contrário, a Nebbiolo é uma uva que costuma a gerar vinhos bastante estruturados, com acidez e taninos muito intensos. Outra característica importante é o olfato, costumeiramente muito floral, mas também com tons terrosos. Confira a seguir algumas ideias de pratos que podem combinar com vinhos feitos com essa casta peculiar. 

 

 

Pato 

Um magret temperado com um molho levemente agridoce pode ser uma ótima opção assim como também um pato assado no estilo chinês, com especiarias e aquela crosta agridoce. A Nebbiolo pode equilibrar bem a carne do pato e os tons levemente adocicados e especiados dos temperos, além de fazer um par interessante no perfume. 

 

 

Parmesão 

Alguns tipos de queijo curados podem fazer uma boa companhia para vinhos à base de Nebbiolo, como Grana Padano ou Reggiano, ou ainda Pecorino. A estrutura do vinho equipara a massa e o sal do queijo. Vale a pena ainda experimentar com alguns queijos de cabra também curados ou então mofados. 

 

 

Cozido de carne no molho de vinho

O famoso Brasato al Barolo, uma espécie de cozido de carne no molho feito com Barolo, uma receita típica piemontesa, pede a companhia da Nebbiolo também na taça. A estrutura do prato casa com a do vinho, mesmo que você não use um Barolo para cozinhar. Mas, se puder, ao menos harmonize com um. Não avise os franceses, mas um boeuf bourguignon também pode funcionar. 

 

Aves de caça 

A textura e os sabores mais pungentes das aves de caça, como perdiz, faisão, codorna, pombo ou mesmo galinha d’angola, juntamente com preparos levemente especiados, podem combinar lindamente com vinhos à base de Nebbiolo, especialmente com a rusticidade de alguns Barbarescos. 

 

 

Embutidos 

Uma primeira escolha seria prosciutto, mas você também pode optar por pastramiou copa, ou também um bom salame. A gordura, o sal e o defumado dão o tom e casam com a estrutura dos vinhos feitos com Nebbiolo, especialmente os mais leves. 

 

› Para ver os melhores vinhos avaliados com Nebbiolo, clique aqui 

 

Da redação

Publicado em 26 de Março de 2020 às 17:59


Notícias

Artigo publicado nesta revista

Gran Reserva

Revista ADEGA 163 · Maio/2019 · Gran Reserva

Conheça os Grandes Vinhos de Rioja + Seleção com ícones