Mundovino

Presidentes de Portugal e Hungria apostam vinho para o jogo entre as suas seleções na Uefa Euro

As autoridades assistiram ao jogo juntos, em Budapeste. O perdedor agora paga a aposta com o melhor vinho do país


Os grandes vinhos de Tokaji provavelmente serão escolhidos para pagar a aposta

Marcelo Rebelo de Sousa e János Áder, presidentes de Portugal e Hungria, respectivamente, assistiram juntos ao jogo de hoje na Uefa Euro entre os dois países.

Até aí tudo normal, porém, para apimentar as coisas, decidiram fazer uma aposta.

Aquele que perdesse ofereceria uma garrafa do melhor vinho do respectivo país.

Cada um, claro, apostou na vitória do seu país.

E se o jogo empatasse, como quase aconteceu, até os 39 minutos do 2º tempo? "Nenhum de nós fica feliz e teremos de beber em conjunto as duas garrafas", brincou o português.  

No final das contas, Cristiano Ronaldo, sempre ele, resolveu as coisas para o lado da seleção portuguesa, que venceu por 3x0.

Então, fica dúvida: que vinho o presidente János Áder dará à Marcelo Rebelo?

Embora a informação não tivesse sido divulgada até a conclusão desta reportagem, o eleito, provavelmente, é um tokaji, o célebre vinho doce húngaro.

Ele nasce em Tokaj-Hegyalja, no nordeste da Hungria, cercada pelos Montes Cárpatos e às margens dos rios Tisza e Bodrog, a aproximadamente a 200 km de Budapeste.

É nesse cantinho que o raro fungo Botrytis cinérea entra em ação.

Marcelo Rebelo de Sousa e János Áder em visita a Budapeste

Ao atacar as uvas, ele perfura a casca, criando uma espécie de “peneira” que faz escoar parte da polpa da fruta, principalmente água, e assim acaba concentrando as demais substâncias como açúcares e ácidos.

O resultado é fenomenal e o tokay (o “j” em húgaro tem som de “i”) virou ícone na Hungria.

Os grandes vinhos de Tokaji são os classificados como 6 puttonyos – ou uma concentração de 150 gramas de açúcar residual por litro de vinho – e o Eszencia, feito apenas em anos espetaculares e que chega a incríveis 900 g/l.

Seja qual for o rótulo escolhido por János Áder com certeza será um belo vinho.

Conheça aqui os melhores rótulos húngaros que ADEGA já degustou.

» Sangue de boi é o vinho que dá força sobre-humana a quem toma

» Cinsault: a uva dos rosés da Provence também dá origem a tintos amigáveis e muito agradáveis

» Origem do vinho: qual era o gosto da bebida antigamente?

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 17 de Junho de 2021 às 15:00


Mundovino Aposta Portugal Hungria Marcelo Rebelo de Sousa János Áder Vinho Eurocopa