Mundovino - 166

Produtores de Bordeaux querem introduzir novas variedades de uva na região

Sete variedades de novas uvas foram aprovadas


Novas uvas ajudariam a combater os efeitos das mudanças climáticas

O sindicato de produtores de Bordeaux e Bordeaux Supérieur votou uma proposta para permitir que novas variedades de uvas sejam introduzidas na região. Sete castas foram aprovadas: Marselan, Touriga Nacional, Castets e Arinarnoa (cruzamento entre Tannat e Cabernet Sauvignon) para as tintas, e Alvarinho, Petit Manseng e Liliorila (que nasceu na década de 1950 após um cruzamento de Barroque e Chardonnay) para as brancas.

Leia mais:

Qual é o blend de Bordeaux?

Bordeaux: o terroir da excelência

Harmonização com vinhos de Bordeaux

A ideia de introduzir essas uvas seria ajudar a combater as mudanças climáticas. Apesar da aprovação no sindicato, a autoridade que coordena as denominações de origem da França, o INAO, ainda precisa aprovar o plano.

Os benefícios das sete uvas vão desde uma boa resistência natural a doenças específicas, como podridão cinzenta e bolor, até uma capacidade comprovada para lidar com temperaturas mais altas. As novas uvas poderão constituir até 10% do blend final, mas apenas 5% da área de produção de um produtor. Se a aprovação for dada, as plantações poderão começar na temporada de 2020/21, disse o Le Syndicat Viticole de AOC Bordeaux & Bordeaux Supérieur, que compõe 55% da área vinícola de Bordeaux, produzindo 384 milhões de garrafas de vinho por ano.

Veja também:

+ Acompanhe as notícias de Bordeaux

Vinhos de Bordeaux avaliados pela ADEGA

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 25 de Setembro de 2019 às 16:30


Notícias Bordeuax uvas de vinhos uvas de Bordeaux vinhos franceses França