Revista ADEGA
Busca

ADEGA indica

Espumante Rosé de João Portugal Ramos mostra o que é um “Bruto Natural” do Alentejo

Feito pelo método tradicional, descansa por 24 meses em contato com a levedura e em boca é "tenso e vibrante", mesmo aos 8 anos de idade


O enólogo João Portugal Ramos pertence à uma longa linhagem de viticultores
O enólogo João Portugal Ramos pertence à uma longa linhagem de viticultores

João Portugal Ramos é o nome de um enólogo de uma longa família de produtores de uvas e vinhos. Mas é, também, o nome de sua vinícola, cuja primeira vindima celebra 30 anos neste 2022.

Dos 5 hectares iniciais plantados em Estremoz em 1989, a empresa passou a ter sua própria sede de vinificação e amadurecimento, a Adega Vila Santa (também em Estremoz, no Alentejo). Ao longo dos anos fez parcerias fundamentais para ampliação de seus negócios (que a levaram ao Douro, Beiras e também ao Vinho Verde) e hoje trabalha com uma equipe de 140 profissionais, espalhados nas regiões onde atua e o fundador, João Portugal, tem agora a satisfação de fazer os vinhos lado a lado com seu filho, também enólogo e com a filha, da área de marketing.

Do Alentejo original da empresa, vêm as marcas Marques de Borba, Estremus, Vila Santa, Pouca Roupa, Loios e um linha de rótulos Single Vineyard compondo um portfolio de 18 vinhos. O editor de Adega, Eduardo Milan, degustou recentemente o Marquês de Borba Espumante Rosé, safra 2014, ao qual conferiu 92 pontos. As uvas que compõe o corte são a Aragonez, Touriga Nacional e Pinot Noir, colhidas a mão e suavemente esmagadas, ficando por um período de 8 horas em baixa temperatura para a extração de cor e aromas das películas.

O espumante, feito pelo método tradicional, descansa por 24 meses em contato com a levedura e em boca, segundo Eduardo, é "tenso e vibrante", mesmo aos 8 anos de idade. Acidez, cremosidade e textura firme, aliadas a uma gama de aromas entre florais e frutados, completam a descrição desse espumante português, o único da empresa com uvas alentejanas.

"O saber, a experiência e a tecnologia permitem-nos aperfeiçoar com rigor os diversos fatores que influencia a personalidade de um vinho. Fazer brilhar todo o potencial natural de nosso país nessa área, criando e reinventando cada vinho é, para mim, uma paixão", diz João Portugal Ramos.

Para ler a resenha completa, ou se quiser informações detalhadas, basta clicar no vinho.

Marquês de Borba Brut Rosé 2014

Marquês de Borba Brut Rosé 2014 - AD 92 pontos - João Portugal Ramos, Alentejo, Portugal

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

Ebook ADEGA - Os melhores de 2021

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 17/03/2022, às 16h00


Mais Degustamos e Gostamos