Mundo Vino

Feira de vinhos de vulcão terá primeira edição

Produtores de Auvergne realizam primeira feira de “vinhos de vulcão”


 

 

O mundo do vinho é repleto de nichos. E cada vez mais aparecem eventos para cada um deles. Há feiras de vinhos naturais, de vinhos feitos por mulheres, de vinhos submersos no mar etc. Agora foi a vez da Vinora, uma associação de vinicultores de Auvergne, realizar a primeira feira e simpósio sobre vinhos vulcânicos, na esperança de que se torne um evento regular. 

LEIA MAIS

» Entre o clássico e o inusitado, e os inusitados clássicos

» Vinhos dos vulcões

A associação foi fundada por produtores que produzem vinho nos arredores de Auvergne, uma região histórica francesa que já foi amplamente conhecida e muito respeitada, mas cuja reputação e vinhedos em geral diminuíram significativamente no último século. 

No entanto, uma característica que torna seus vinhos singulares entre as regiões francesas é que seus solos são em grande parte vulcânicos, graças à série de vulcões antigos (e agora extintos), os Chaîne des Puys. 

Os membros da Vinora também viram uma oportunidade de se unir a outros produtores de outras regiões vulcânicas para criar um simpósio que destacasse os vinhos desses solos particulares. 

No total, mais de 30 propriedades francesas e internacionais participaram da feira. Além dos produtores de Auvergne, havia vinicultores franceses de outros locais vulcânicos nas Côtes du ForezCoteaux du LyonnaisArdècheBrouilly no Beaujolais e Beaulieu na Provença. Do exterior, havia produtores como Domaine Sigalas e Hatzidakis de SantoriniAyuntaDonnafugata e Planeta do monte Etna na Sicília, Azores Wine CompanyDisnókö de Tokaj e outros produtores de Campo de Calatrava na Espanha e CampaniaVêneto e Basilicata, na Itália. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 4 de Outubro de 2020 às 10:00


Notícias feira vulcão vinho

Artigo publicado nesta revista