Mundovino

Geada combatida até com helicópteros destrói parte importante da colheita na França

O pior fenômeno dos últimos anos atingiu Bordeaux, Vale do Rhône, Borgonha, Champagne, Provence e Vale do Loire


 

Até helicópteros foram utilizados contra a geada na França

Há uma semana a França vem enfrentando condições climáticas severas, ADEGA noticiou aqui as medidas que os produtores de vinho tiveram que tomar – utilizando até helicópteros – para tentar evitar a perda da safra com as geadas da primavera.

Porém, os resultados preliminares não são dos mais otimistas.

De acordo com o Comitê Europeu das Empresas de Vinho, pelo menos 80% dos vinhedos franceses foram afetados e a perda deve girar entre 25% e 50% nestes locais.

"Uma parte importante da colheita foi perdida. É muito cedo para dar uma estimativa do percentual, mas, em todo caso, é uma tragédia para os viticultores que foram atingidos", disse Christophe Chateau, responsável pela comunicação do Conselho de Vinho de Bordeaux.

O fenômeno é considerado a pior geada desde 1981 e atingiu Bordeaux, Vale do Rhône, Borgonha, Champagne, Provence e Vale do Loire.

O governo francês já ativou o chamado Programa de auxílio a Calamidade Agrícolas e deve implementar medidas como a redução de impostos e auxílios financeiros para ajudar os produtores franceses.

» Vinho entra na luta para zerar a emissão de carbono no planeta

» The King’s Man, filme com ganhador do Oscar, ganha Vinho do Porto raro e caro

» Lalou Bize-Leroy: a maga dos grandes vinhos da Borgonha, incluindo o Romanée-Conti

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

André De Fraia

Publicado em 16 de Abril de 2021 às 19:00


Mundovino Geada da primavera Vinho Enologia Velas Fogo Parreiral Vinhedo Resultado Helicóptero Prejuízo