Mundovino

Morre Ian Symington, um dos pioneiros da indústria do Vinho do Porto

Symigton foi primordial para a venda de vinhos da região após a 2ª Guerra Mundial


Aos 90 anos, morreu Ian Symington, do grupo Symington. Nascido no Porto em 1929, ele foi educado no Porto e na Inglaterra, e prestou serviço militar em Seaforth Highlanders antes de retornar à empresa da família em 1949, juntando-se ao pai John, e aos tios Maurice e Ron.

Leia mais:

A história do vinho do Porto

Mundo do vinho perde importantes nomes

John Shafer, dono da Shafer Vineyards, faleceu aos 94 anos

Juntamente com seu primo Michael, e mais tarde com o primo James e os irmãos Peter e Amyas, Ian Symington foi fundamental na reconstrução das vendas internacionais de Vinho do Porto da família nas duas décadas seguintes à II Guerra Mundial. Na época, as vendas da Symington Family Estates – hoje proprietária das empresas Graham, Dow, Cockburn e Warre – estavam “em um estado deplorável”, mas Ian ajudou a abrir novos mercados.

Na década de 1960, as vendas começaram a subir constantemente em todo o mundo. Juntos, eles construíram uma empresa próspera e bem-sucedida.

Amante do Vale do Douro, Ian reconstruiu uma casa abandonada perto da remota Quinta da Senhora da Ribeira quando se aproximava da aposentadoria e foi nomeado presidente da organização beneficente Wine & Spirit Benevolent Society, em 1983. Ian e Cynthia Symington se casaram em 1954 e tiveram duas filhas e um filho, oito netos e um bisneto. O filho Johnny ingressou no negócio em 1985, e a neta Vicky agora trabalha para a empresa.

Veja também:

+ As classificações do vinho do Porto

Vinhos do Porto avaliados pela ADEGA

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 17 de Novembro de 2019 às 09:00


Notícias Vinho do Porto vinhos portugueses Ian Symington

Artigo publicado nesta revista