Escola do vinho

Nero d’Avola, alternativa para Cabernet Sauvignon, ganha protagonismo no mundo do vinho

De origem siciliana, ela tem brilhado, por exemplo, em cartas muito além da sua terra natal, na Itália


Nero d’Avola também é conhecida como Calavrisi, Calabrese, Calea-Aulisi e Calaulisi

A Nero d’Avola vem recebendo cada vez mais atenção nos últimos anos.

Considerada uma alternativa para os apreciadores de vinhos frutados e encorpados, no estilo dos Cabernet Sauvignon, essa variedade de origem siciliana tem se destacado, ganhado espaço na carta de restaurantes e ampliado seu território além de sua terra natal Avola, uma pequena aldeia no sudeste da Sicília.

E assim como a ilha é recheada de influências, afinal já foi fenícia, grega, etrusca, moura, espanhola entre outros domínios, a Nero d’Avola também é fruto de uma grande herança. Quando foi realizado o exame de DNA da casta os pesquisadores concluíram que ela possui um alto nível de diversidade genética, apontando que a uva foi o resultado de cruzamento de diversas outras que em tempos estiveram presentes na ilha italiana.

No entanto seu primeiro nome foi Calavrisi. O que gerou um sinônimo atual da Nero d’Avola, Calabrese.

Não, não tem nada a ver com a pizza ou a região italiana. 

Fora da Itália, a Nero d'Avola aparece na Austrália e na Califórnia com belos vinhos

E, sim, pela italianização errônea do siciliano. “Calavrisi”, significa “uva de Avola” no idioma local. Outros sinônimos usados são Calea-Aulisi e Calaulisi. 

E apesar de a Nero d’Avola ser bastante valorizada como varietal, a mescla com outras uvas costumam dar bons vinhos: os blends mais famosos são com a Frappato e com a Syrah. 

Apesar de tipicamente siciliana e, até poucas décadas atrás, ser usada em outras regiões apenas para dar cor para outros vinhos, a Nero d’Avola vem sendo cultivada em diversas regiões italianas, especialmente no sul do país, como na Puglia e na Calábria. 

Fora da Itália, aparece na Austrália e na Califórnia com belos vinhos.

Veja aqui os melhores Nero d’Avolas já degustados por ADEGA.

» Vinícola com olhar modernista muda a história do Barolo

» Romanée-Conti: por dentro da vinícola que faz o “maior” vinho do mundo

» Trem do vinho em Napa Valley roda a região numa experiência inesquecível

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Da redação

Publicado em 6 de Junho de 2021 às 11:00


Escola do vinho Nero d'Avola Uva Vinho Sicilia Itália Castas História Calavrisi Calabrese Calea-Aulisi Calaulisi