Mundovino

Produtor de Chablis protesta contra instalação de turbinas eólicas em vinhedos

Jean-Marc Brocard diz que turbinas podem atrapalhar a economia local


Um projeto para instalar turbinas eólicas em vinhedos de Chablis “estragará completamente” a paisagem, de acordo com um dos viticultores mais emblemáticos da região, Jean-Marc Brocard. Ele acredita que as turbinas, planejadas para ficarem na vila de Préhy, a 6 km de Chablis, poderiam colocar em risco a economia de toda a região, que atualmente está vendo um aumento no turismo.

Leia também:

Chablis: a terra da Chardonnay

As quatro classificações de Chablis

+ Vinhos de Chablis avaliados pela ADEGA

 

“Essas turbinas eólicas estragarão completamente o campo... O tamanho monstruoso dessas máquinas irá desfigurar tudo. Uma série de máquinas colossais, visíveis de todos os diferentes locais que compõem nossa herança cultural, exige oposição radical à sua escala gigantesca e à sua incongruência. Deve o panorama magnífico dos vinhedos Grand Cru ser reduzido à visão de turbinas eólicas circundando as colinas com mastros que sobem a 150 metros?”, questionou.

De acordo com Brocard, a maioria das pessoas que participaram de uma pesquisa pública manifestou oposição ao projeto. Embora atualmente existam 24 turbinas eólicas nas colinas que cercam os vinhedos de Chablis, esta é a primeira vez que as turbinas serão colocadas nos próprios vinhedos.

Da redação

Publicado em 16 de Maio de 2019 às 14:00


Notícias Chablis Jean-Marc Brocard energia eólica energia eólica em vinhedo vinhos franceses

Artigo publicado nesta revista

Supertoscanos

Revista ADEGA 162 · Abril/2019 · Supertoscanos

Os revolucionários que mudaram a história e se tornaram clássicos + seleção de imperdíveis