Tanino

Qual o gosto do tanino do vinho?

O tanino está presentes no caule, cascas e sementes das uvas


O tanino é um componente presente no vinho capaz de causar diferentes sensações durante uma degustação

Afinal, qual o “gosto do tanino”? Como perceber se um vinho tem mais ou menos tanino? Na verdade, os taninos não podem ser sentidos no olfato ou no paladar. Eles não têm cheiro ou gosto propriamente ditos. O que eles fazem é causar sensações táteis em nossa boca durante a degustação do vinho.

A principal sensação provocada pelos taninos em nossa boca é a de adstringência, uma espécie de impressão de secura e rugosidade. Passando a língua pelo palato, ao invés de o sentirmos úmido e liso, experimentamos uma resistência ao escorregamento. É mais ou menos como quando tomamos uma xícara de chá forte e sem açúcar ou acidentalmente mordemos um caroço de uva.

Leia mais:

Como o tanino influencia o vinho?

O que a cor do vinho diz sobre a bebida?

10 acessórios que todo amante de vinho deve ter

 

Tintos pouco tânicos apresentarão essa adstringência de forma balanceada desde jovens. Já nos vinhos produzidos com mais tanino, caso consumidos antes de certo período de guarda, essa sensação é mais agressiva. À medida que os vinhos envelhecem, os taninos suavizam-se, tornando-se mais aprazíveis e provocando texturas mais delicadas e menos agressivas.

Assim, compreender o papel dos taninos na composição dos vinhos é fator fundamental para auxiliar nas escolhas mais apropriadas a cada ocasião e proporcionar que se desfrute ao máximo dessa cativante bebida.

Veja também:

+ Confira o guia prático do vinho

12 vinhos que todo mundo deve ter em casa

Tanino: o que é esse componente do vinho?

Eduardo Milan

Publicado em 12 de Agosto de 2019 às 15:00


Notícias Tanino guia do vinho sabor do vinho gosto tanino