Adega Responde

Quanto tempo dura cada tipo de vinho depois de aberto?

Brancos, tintos, rosés, espumantes... Quanto tempo cada vinho dura na geladeira


Qual a duração do vinho depois de aberto? A resposta para todas as questões relacionadas à “duração” de um vinho está sempre ligada à oxidação. Assim que a bebida entra em contato com o oxigênio, ela passa a se transformar. E essa transformação, lentamente, leva à degradação.

No entanto, segundo alguns especialistas, o grande problema não é a quantidade de ar que fica entre o líquido e a boca do gargalo após a garrafa ser aberta, mas sim o montante de oxigênio que o vinho absorve no momento em que a garrafa é aberta. Daí muitos afirmam que essa questão de “quanto o vinho dura após aberto” está mais ligada à qualidade da bebida em si e nem tanto à posterior forma de armazenamento, seja criando um vácuo, seja inserindo um gás inerte sobre o líquido.

Em linhas gerais, diz-se que garrafas abertas e mantidas sem qualquer tipo de intervenção para limitar o contato com o oxigênio vão durar, no máximo, até dois dias na geladeira, não importando o tipo de vinho. Se houver maior cuidado, com retirada do ar por meio de aparelhos que criam vácuo, por exemplo, esse prazo pode ser estender por até uma semana. Mas é bom lembrar que, se no período indicado o vinho for aberto e fechado várias vezes, ele vai decair mais rapidamente.

Confira também quanto “dura” cada tipo de vinho.

Leia também:

+ Quanto tempo pode durar o vinho em uma garrafa aberta?

+ Como guardar um vinho aberto

+ O que você precisa saber sobre os rosés

BRANCOS E ROSÉS

A maioria pode suportar dois dias abertos na geladeira. No entanto, alguns mais robustos podem ser apreciados por até quatro ou cinco dias após abertos. No caso dos rosés, como o perfil aromático é sempre um atrativo, o ideal é não esperar muito, porque os aromas se perdem mais rapidamente.

ESPUMANTES

O dióxido de carbono ajuda a proteger os espumantes, mas, se você quiser manter o perlage, precisa de tampas adequadas. Garrafas abertas, mas “cheias” podem aguentar bem por três ou quatro dias – desde que a pressão seja mantida 100% do tempo (lembre-se que cada vez que se abre, perde-se um pouco de pressão). Garrafas pela metade podem durar dois dias. Depois disso, vale lembrar, o vinho ainda estará bom por um tempo, mas você não terá perlage.

VINHOS FORTIFICADOS

Xerez Fino e Manzanilla devem ser consumidos em uma semana. Amontillado e Oloroso podem suportar até oito semanas após a abertura. Vinhos do Porto Ruby e LBV ficam bem por até uma semana. Porto Tawny de 10 ou 20 anos permanecerá em boas condições por duas a três semanas. Para o Vinho Madeira há quem diga que, devido ao seu estilo, ele pode durar até um ano...

TINTOS

Grande parte dos tintos mais simples consegue se sustentar de três a quatro dias na geladeira. No entanto, se o vinho for mais robusto, com mais taninos, pode-se pensar em cinco ou seis dias.

+ Acompanhe todas as notícias sobre vinho rosé

Da redação

Publicado em 12 de Dezembro de 2018 às 15:00


Notícias Vinho Guardar vinho Vinho aberto Validade do vinho

Artigo publicado nesta revista

CHÂTEAU MARGAUX

Revista ADEGA 157 · Novembro/2018 · CHÂTEAU MARGAUX

VERTICAL DE 11 GRANDES SAFRAS + A ELEGÂNCIA E A LONGEVIDADE EXPLICADAS POR AURÉLIEN VALANCE