Mundovino

Vinhos alsacianos apresentarão nível de doçura no rótulo

A vinícola Schlumberger já indica a quantidade de açúcar nos vinhos com as categorias seco, meio-seco, meio-doce e doce


Segundo Séverine Schlumberger, do Domaines Schlumberger, a Alsácia está perto de impor normas para identificar o nível de doçura nos rótulos dos vinhos. “Estamos mais perto do que nunca. Estamos pressionando para que isso seja imposto por lei. As cooperativas são contra, já que costumam fazer Riesling doces e não gostam que as pessoas saibam que são doces”, afirmou a produtora.

Na vinícola dos Schlumberger, há muitos anos os vinhos já são classificados de acordo com seus níveis de açúcar residual nas seguintes categorias: seco, meioseco, meio-doce e doce. Os vinhos na categoria seco têm entre 6 e 8g / l de açúcar residual, os meio-secos entre 8 e 16g / l, os meio-doces cerca de 16 a 40-45g / l e os doces acima de 45g / l.

Veja também:

O vinho da Alsácia na França

A graduação de açúcar nos vinhos alsacianos

Degustação de vinhos biodinâmicos de Alsácia

Anos atrás, a Alsace Vintners Association (AVA) obteve aprovação quase unânime para as propostas e planejou introduzir a rotulagem a partir da safra de 2016. A AVA apresentou um relatório solicitando ao INAO que impusesse uma obrigação à rotulagem dos vinhos brancos secos – vinhos com menos de 4g / l de açúcar, ou 7g / l de açúcar nos vinhos com mínimo de 9 g de acidez tartárica, segundo regras da União Europeia. Mas, em 2015, os planos para a rotulagem obrigatória foram suspensos. Agora, segundo Séverine, há nova pressão para a imposição.

Acompanhe as notícias de Alsácia

Da redação

Publicado em 11 de Julho de 2019 às 18:30


Notícias Alsácia vinho francês vinho doce açúcar no vinho Schlumberger Alsace Vintners Association

Artigo publicado nesta revista

Gran Reserva

Revista ADEGA 163 · Maio/2019 · Gran Reserva

Conheça os Grandes Vinhos de Rioja + Seleção com ícones