ADEGA indica

Clericot rosé: a versão sexy da mistura de vinho com frutas

A bebida é hit nos verões europeus. Por que? É provocante como a gente gosta


Clericot rosé, confira esta receita refrescante

Punjab, Estado no nordeste da Índia, é a sucursal do inferno, com os seus intermitentes 40ºC de temperatura, durante o verão. Lá, os saxões que ocupavam a colônia inglesa, no século 19, davam uma levantada no astral modorrento, afastando a inércia causada pelo calor, com doses de claret up, vinho Bordeaux misturado com gelo e frutas ácidas, para deixá-lo mais leve.

Na Europa, os franceses adotaram a ideia, usando vinho branco e deram vida ao clericot – com origens também na Andaluzia, dependendo da fonte de pesquisa.

E como nada se cria, tudo se transforma, em plagas badaladas do último verão europeu, a bebida ganhou sensualidade com vinho rosé e frutas como laranja doce, lichia e pêssego – vale dizer, exuberantes por aqui entre outubro e março.

Aí, é fazer um pescado grelhado ou uma moqueca, juntar os amigos e fazer a festa.

Clericot rosé

Ingredientes:

375 ml de vinho rosé seco

60 ml de Cointreau

60 ml de conhaque

100 ml de água tônica (ou soda limonada natural)

Pêssego, laranja madura e lichia a gosto

Gelo

Preparo:

  • Coloque as frutas picadas numa jarra, adicione o gelo, o vinho, os destilados e depois a água tônica
  • Mexa tudo com uma bailarina e sirva
  • Não esqueça de ir “temperando” conforme o gelo derreter

» Vinho do Porto: qual é a diferença entre Ruby e Tawny?

» Como preservar o vinho depois de aberto, diminuindo os efeitos da oxidação

» Portônica: o clássico gostoso e infalível para fazer com Vinho do Porto Branco

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Robert Halfoun

Publicado em 1 de Maio de 2021 às 14:00


Adega Indica Clericot Clericot rosé Drink Drinque Receita Vinho