Mundovino

Ministra francesa, Agnès Buzyn pensa em banir Champagne de áreas VIP de estádios de futebol

Arnaud Robinet, prefeito de Reims, criticou a posição de Buzyn


Em entrevista, Agnès Buzyn posicionou-se contra bebidas alcoólica em ambientes esportivos

No Brasil, já faz algum tempo que bebidas alcoólicas são proibidas dentro dos estádios de futebol e o mesmo vale na França. No entanto, na França, para comemorar um gol do seu time, o torcedor da área VIP pode celebrar com Champagne. Mas até mesmo esse pequeno deleite parece estar ameaçado.

Leia mais:

A história do Champagne Cristal

As três cepas de Champagne na França

As quatro uvas esquecidas de Champagne

 

Durante uma entrevista a um canal de televisão francês, a ministra da Saúde, Agnès Buzyn, disse que se opunha à reintrodução de álcool em estádios esportivos da França. Quando disseram que as pessoas ainda bebiam Champagne nas áreas VIP, ela disse que não sabia disso, pois nunca esteve em uma. “A questão deve ser [banir] o álcool das áreas VIP”, disse ela.

O episódio ocorreu depois que Buzyn disse que era contra um relaxamento da famosa lei Evin, que proíbe o marketing de bebidas alcoólicas na França. Tão logo a ministra fez sua declaração, Arnaud Robinet, prefeito de Reims, no coração da região de Champagne, criticou: “Um vinho que faz a França brilhar em todo o mundo: savoir-faire, excelência e tradição francesa; mais uma vez apontado por um ministro e apresentado como um símbolo da luta contra o alcoolismo e os privilégios”.

Veja também:

Enoturismo em Champagne na França

+ Vinhos de Champagne avaliados pela ADEGA

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 18 de Outubro de 2019 às 16:00


Notícias Champagne Arnaud Robinet Agnès Buzyn vinho francês

Artigo publicado nesta revista

Degustação Histórica

Revista ADEGA 167 · Setembro/2019 · Degustação Histórica

Os ícones de Bordeaux 1982