Mundovino

Sindicância busca indícios de fraude em rótulos de vinhos de Bordeaux

Marcas de vinho estariam colocando nomes de château que não condizem com o vinho da garrafa


Investigação está sendo conduzida pela Direccte, orgão de defesa do consumidor francês

Funcionários da Direccte, órgão de defesa do consumidor da França, investigam se algumas marcas de vinho de Bordeaux estão enganando os consumidores usando o “nome de marca” de um château quando o vinho na garrafa não foi produzido somente pela propriedade indicada ou as uvas sequer vieram do local apontado.

Há um foco em vinhos que usam o prefixo “Bordeaux de” mais o nome de um château específico, de acordo com um memorando emitido pela Direccte e pelo INAO (órgão que coordena as denominações de origem francesas) – a sondagem também analisou se os nomes das denominações foram mal utilizados.

Leia mais: 

+ Dicas para não comprar vinhos falsificados

Polícia britânica investiga fraudes de vinhos

Importadora Orion é acusada de fraudar ICMS em São Paulo

Em alguns casos, os vinhos são produzidos por um negociante e não são provenientes de vinhedos da propriedade indicada no rótulo, ou feitos pela equipe de vinificação da propriedade. Embora não haja sugestão de que alguém tenha agido ilegalmente de forma intencional, há regras quando um rótulo pode induzir os consumidores ao erro. No pior cenário possível, os donos das marcas podem ser multados em 300 mil euros e pegar até dois anos de prisão.

O jornal local Sud-Ouest informou recentemente que algumas empresas já foram visitadas por funcionários da Direccte. Disse também que o Château Maucaillou em Moulis-en-Médoc havia mudado o nome do seu vinho “Bordeaux de Maucaillou” para “B par Maucaillou”, para evitar problemas.

Veja também:

+ Acompanhe as notícias de Bordeaux

+ Vinhos de Bordeaux avaliados pela ADEGA

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 3 de Setembro de 2019 às 16:00


Notícias Bordeaux vinhos franceses França vinho falsificado

Artigo publicado nesta revista

Douro Primeira Prova

Revista ADEGA 165 · Julho/2019 · Douro Primeira Prova

Os melhores brancos, tintos e portos da safra 2017