Mundovino - 166

Venda de vinhos californianos bate recorde

Rótulos da Califórnia superam US$ 40 bilhões nos Estados Unidos


Apesar dos norte-americanos estarem bebendo menos, os vinhos de melhor qualidade estão mais caros

As vendas de vinhos da Califórnia dentro dos Estados Unidos aumentaram 3% em 2018 em comparação com 2017, para um valor estimado de US$ 40,2 bilhões, marcando um novo recorde, segundo apontou o Wine Institute. Houve também um aumento de 3% no volume, indo para 248 milhões de caixas de 12 garrafas, o que significa que a participação da Califórnia no mercado norte-americano é de 61%.

Leia mais:

10 rótulos de vinhos do Napa Valley

Venda de vinhos nos Estados Unidos cai

Julgamento de Paris: a degustação que mudou a vitivinicultura mundial

“O interesse do consumidor em vinhos premium continua a ser a tendência dominante”, disse o presidente do Wine Institute, Robert Koch. As vendas das vinícolas diretamente aos consumidores cresceram 12% em 2018, para US$ 3 bilhões, e 9% em volume, para mais de 6 milhões de caixas.

Os consumidores norte-americanos também estão bebendo menos, mas em geral vinhos de melhor qualidade, e, dessa forma, o vinho está sendo vendido 8,5% mais caro nos Estados Unidos do que há cinco anos, de acordo com dados da Nielsen.

Veja também:

O vinho californiano além do Napa Valley

+ Vinhos da California avaliados pela ADEGA

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 23 de Setembro de 2019 às 14:00


Notícias vinho norte-americano vinho californiano venda de vinhos mercado do vinho Estados Unidos Napa Valley Wine Institute