Revista ADEGA

Enoarquitetura

O vinho californiano além do Napa Valley

Localizada no Livermore Valley, a Wente Vineyards mantém o estilo arquitetônico dos colonizadores espanhóis

Da redação em 22 de Março de 2019 às 13:00

Com o fim do domínio da Espanha e a corrida do ouro, o estado se tornou um verdadeiro chamariz para aventureiros e imigrantes. E foi um desses imigrantes europeus, o alemão Carl H. Wente, que acreditando no potencial do terroir de Livermore, fundou uma das primeiras vinícolas da região, a Wente Bros, em 1883. Carl foi aprendiz do pioneiro e compatriota Charles Krug – o primeiro a fundar uma vinícola do Napa Valley, em 1831.Livermore Valley, na Califórnia, uma das mais antigas regiões produtoras de vinho dos Estados Unidos, muitas vezes é ofuscada pelas famosas vinícolas do vizinho Napa Valley. Em Livermore, as primeiras vinhas foram plantadas praticamente um século antes do que no famoso Napa. Em 1760, quando a Califórnia ainda não pertencia aos Estados Unidos, missionários espanhóis cultivaram as primeiras uvas destinadas à produção de vinho.

No início, a Wente Bros era uma propriedade com apenas 48 acres, mas hoje, 125 anos depois, tem mais de 3 mil acres de vinhas cultivadas. É também a mais antiga vinícola familiar em atividade nos Estados Unidos. Atualmente, a vinícola, uma das maiores produtoras de uva Chardonnay do país, é comandada por Eric Wente, da quarta geração da família, que nos anos 1980 promoveu uma grande reforma na antiga propriedade.  

Estilo

[Colocar Alt]

Cultivando vinhas em Livermore e também na região de Arroio Seco, a hoje chamada Wente Vineyards passou por grandes transformações. O prédio principal, Events Center, até 1981 pertencia à propriedade da fábrica de destilados Schenley Distillers. Somente em 1985, após uma grande reformulação, o Events passou a ser a nova sede da bodega, que hoje consta na lista Califórnia Historical Landmarks, uma relação dos principais lugares e construções históricas da Califórnia.

Originalmente, o prédio era utilizado para produção de outras bebidas e, com as reformas projetadas pelos designers David e Anne Howerton, tudo foi transformado. Os primeiros rascunhos da mudança foram feitos pelo próprio Eric Wente.

Todos os equipamentos da antiga fábrica foram removidos, um novo piso construído e janelas quadrifólias e portas arqueadas instaladas. Estes novos detalhes foram especialmente incorporados ao prédio com o objetivo de manter o estilo da arquitetura espanhola original, o Califórnia Mission, que se popularizou naquela região entre os anos de 1890 e 1915.

Seguindo este estilo arquitetônico, o telhado foi coberto com cerâmica vermelha. Nas paredes, foi aplicado reboque branco e as portas e janelas ganharam arcos. O único prédio da vinícola que não segue o padrão é o restaurante da propriedade que, segundo Eric Wente, pendeu mais para o estilo das construções australianas, com telhado de cedro e pinheiro.

O premiado restaurante da Wente, assumido pelo chef Arthur Wall não é o único lugar onde podem ser apreciados os vinhos da vinícola, já que os primeiros 18 visitantes a reservar horário poderão degustar os fermentados dentro da própria cave da vinícola.

Veja também:

+ A fortaleza medieval Californiana no Napa Valley

O Cabernet Sauvignon californiano que superou os franceses em 1976

André Tchelistcheff, o aristocrata russo que revolucionou a vitivinicultura dos Estados Unidos

A cave

[Colocar Alt]

Construída no final do século XVIII, a histórica cave foi também reformada em 1985. A entrada das grutas foi transformada em forma de arcos, para assim obter-se mais integridade estrutural e altura vertical. Além disso, foi escavada uma passagem que liga as três cavernas de armazenamento. Nelas, mantém-se um controle natural de temperatura (15°C) ideal para armazenar e envelhecer os vinhos brancos e tintos feitos com as uvas Cabernet Sauvignon, Merlot, Zinfandel, Pinot Noir, Syrah, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Riesling.

No entanto, não ocorreram somente mudanças estruturais na propriedade, pois um dos princípios da produção é a prática de uma agricultura sustentável, como por exemplo, a renovação do solo feita por compostos orgânicos, um sistema de irrigação controlado e natural, além do reaproveitamento da água.

Além de vinhos, Wente Vineyards produz também o azeite extravirgem com azeitonas de oliveiras seculares. A propriedade de Livermore possui ainda um campo de golfe que atravessa três diferentes ecossistemas: floresta nativa, as vinhas e um vale gramado.

Há mais de vinte anos, em todo o verão, ocorre o The Concerts at Wente Vineyards, com vários shows e concertos internacionais e ventos diversos. Com todo este cenário, histórias e, é claro, vinhos, não é de se admirar que a vinícola tenha sido eleita pelo canal de televisão norte-americano NBC como um dos melhores lugares para festas de casamentos.

Os melhores vinhos americanos avalidos pela ADEGA


Notícias Livermore Valley Napa Valley Vinho americano Vinho californiano O que fazer na Califórnia Enoturismo Vinícola Wente Bros

Artigo publicado nesta revista


Gran Reserva

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas