Taça

4 taças básicas para ter no armário

Valorize seu vinho com taças simples e práticas


Nada de detergente nas taças, apenas água - se possível morna - e limão se houver gordura no bojo ou batom na borda

Para aproveitar bem os prazeres dos vinhos não é necessário ter uma coleção de taças de cristal dignas de uma loja de presentes de casamento, mas é importante ter ao menos quatro tipos considerados curingas. São eles: a taça ISO, se você é daqueles que fazem degustações sistemáticas ou faz parte de alguma confraria (elas são menores e mais fáceis de transportar e lavar, além de quebrarem menos), uma boa taça para espumantes que não seja muito estreita, mas que tenha haste longa; uma taça alta, de boca mais larga para vinhos brancos - e que em alguns casos poderá ser utilizada também para um bom Pinot Noir - e uma taça grande e alta de bojo largo para os tintos.

Em termos de quantidade, lembre-se que taças - mesmo as bem cuidadas - quebram, assim se seu consumo é maior de vinhos tintos, invista mais em taças para eles. Pense também em adquirir algumas taças de semi-cristal para seu uso cotidiano. Elas têm bom preço e, em alguns casos, são quase tão boas como as de cristal. Na maioria dos restaurantes elas são as mais utilizadas por serem mais resistentes e ainda assim permitirem a percepção correta da bebida.

Leia mais:

Como cuidar de taças?

+ As taças para espumante

Qual taça de vinho escolher?

 

Uma vez com suas taças em mãos, faça um teste para ver como a forma e a função definem nossa percepção do prazer dos vinhos: sirva o mesmo vinho em várias taças diferentes e também naquele copo que você utiliza cotidianamente para beber água, refrigerante ou cerveja. Faça uma degustação, observe a cor, o desprendimento dos aromas, a forma como o líquido chega até a sua boca. Dessa forma você vai perceber como seu investimento valeu a pena!

1 - Grandes taças para grandes vinhos.Os tintos precisam de espaço no bojo para aumentar o contato com o ar.

2 - Para os brancos, taças menores e mais baixas para evitar a perda de temperatura e bojo largo para expandir os aromas.

3 - As taças para espumantes devem ser preferencialmente de cristal, seu formato favorece as borbulhas e os aromas.

4 -A taça ISO, um curinga para degustações formais e também para destilados.

Veja também:

+ Confira o guia prático do vinho

Dicas para manter suas taças impecáveis

+ Como remover marcas de batom da taça?

Da redação

Publicado em 19 de Agosto de 2019 às 17:00


Notícias taças taças básicas taças para vinho