Especial de natal

Espumante na ceia, aprenda a harmonizar o clássico com as comidas natalinas

O espumante é típico dessa época e tem muitas possibilidades de acompanhamento


 

O espumante é um clássico das festas de final de ano e ótimo para diversas harmonizações

Fim de ano chegando e não sabe como harmonizar as receitas natalinas com seu vinho predileto? Sem problemas, a ADEGA traz dicas para acabar com esse dilema, sendo assim, iniciamos com um vinho muito popular nessa época, o espumante. Preferencialmente seco, ele atende perfeitamente aos requisitos: é leve, refrescante devido à acidez marcante – não podemos nos esquecer que nossas festas são no verão – e com nível de álcool na casa dos 11 a 13%. Perfeito.

LEIA MAIS

» Vinho tinto e a ceia natalina, como harmonizar

» Vinho branco e natal, como harmonizar

O espumante pode ser servido desde a recepção dos convidados até a sobremesa, dependendo das opções para a ceia. Sua versatilidade permite encarar alguns dos grandes vilões da harmonização, como receitas com ovos e aspargos. Pratos salgados como bacalhau, ostras e frios são ótimos com espumante.

Os secos (Brut) acompanham bem as saladas, o salpicão e as frutas (principalmente as ácidas, como morangos e cerejas), camarões em preparações mais leves (sem molho de tomate), peixes em geral, bacalhau grelhado, peru, e até mesmo com frutas (preferencialmente não em compotas), e as oleaginosas, inclusive no arroz. Na sobremesa, a menos que sejam apenas frutas frescas, opte por um espumante com algum açúcar, como um Demi-sec, por exemplo, ou um Moscatel ou, ainda, um Asti. Caso contrário, a acidez do vinho deixará aquela receita especial extremamente doce.

Sugestões ADEGA

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Da redação

Publicado em 21 de Dezembro de 2020 às 14:35


Notícias Harmonização Natal Vinho Espumante