Grange

Grange: o célebre vinho de Syrah

O Penfolds Grange é um vinho australiano produzido com a uva Syrah


O vinho mais icônico da Austrália certamente é o Penfolds Grange, um tinto concentrado, produzido com uvas Syrah provindas de diversas áreas do sul do país. Seu potencial de guarda é reconhecidamente grande e seus preços, em algumas safras, são semelhantes aos dos Premier Cru Classé de Bordeaux.

De fato, o intuito inicial do Penfolds Grange foi “ser como um Bordeaux”. Em 1949, o enólogo Max Schubert, tendo se apaixonado pelos grandes tintos bordaleses, voltou para a Austrália determinado a produzir vinhos como esses na vinícola Penfolds, onde trabalhava. Como havia muito pouca Cabernet Sauvignon no país, tocou seu projeto com a Shiraz, amplamente difundida e, então, normalmente usada para produção de vinhos doces.

Leia também: 

A força do vinho australiano

Garrafa de Penfolds bate recorde de preço

Como a Syrah se tornou uma das uvas mais célebres do mundo

Schubert batizou seu vinho de Grange Hermitage. A primeira safra comercial foi a de 1952. Em 1957, a vinícola determinou que o Grange Hermitage deixasse de ser produzido, simplesmente porque não agradava aos consumidores. Confiante no seu “filho”, o enólogo felizmente desacatou a ordem. Em 1960, garrafas das primeiras safras foram abertas e estavam soberbas, fazendo com que a Penfolds liberasse novamente a sua produção.

Da redação

Publicado em 6 de Junho de 2019 às 14:00


Notícias Syrah vinho australiano Penfolds Grange

Artigo publicado nesta revista

Syrah

Revista ADEGA 115 · Maio/2015 · Syrah

Do Rhône, para a Austrália e o mundo / Saiba tudo sobre a uva de duas grafias e muitas histórias / Seleção especial de rótulos e estilos