MundoVino

A relação entre o vinho e a TPM

Ingestão do álcool pode aumentar o risco de tensão pré menstrual


Um estudo realizado pela Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, analisou dados de 19 estudos relacionados à síndrome pré-menstrual (TPM) de oito países diferentes, envolvendo mais de 47 mil participantes, para observar as ocorrências de TPM entre mulheres que consumiram álcool.

[Colocar Alt]

Os pesquisadores descobriram que a ingestão de álcool estava associada a um aumento de 45% no risco de ter TPM, e que o consumo excessivo – categorizado neste estudo como uma dose ou mais por dia – gerou um aumento maior no risco, com 79%. É importante, porém, entender que este estudo indica correlação, não causa.

Leia mais:

Vinho tinto previne cáries

Como o vinho faz você se sentir?

+ Idade e gênero afetam respostas emocionais ao vinho

Em outras palavras, não se sabe se o álcool realmente desempenha um papel em causar TPM, ou se as mulheres com TPM são apenas mais propensas a beber. O estudo explica que, embora haja evidências de que o consumo de álcool tenha algum tipo de correlação com a TPM, existem muitos outros fatores em jogo. “O álcool é apenas um dos fatores que podem aumentar o risco de TPM. Há muitos outros fatores. Estamos agora avaliando o papel do tabagismo e fatores psicológicos, como o estresse, na ocorrência de TPM”, disse Bahi Takkouche, um dos pesquisadores.

+ Descubra outros benefícios do vinho para a saúde

Da redação

Publicado em 28 de Setembro de 2018 às 20:00


Notícias Vinho TPM Santiado de Compostela Espanha Pesquisa vinho e saúde saúde benefícios do vinho

Artigo publicado nesta revista